clique aqui!
by Banner-Link

 

      Mimi CaT 

          Cestas e telemensagens

                          A melhor maneira de homenagear quem você Ama 

  


 

             :Por que ser agradável? 

Seja agradável...

Pode acreditar: uma pessoa negativa não é apenas baixo astral, é também deselegante, além de trilhar um péssimo “caminho”nos ambientes de trabalho.

Do ponto de vista das relações pessoais, um sujeito negativo ou pessimista acaba sendo também um tremendo mal-educado.
Evitar atitudes e frases negativas no seu dia-a-dia é fundamental, seja em casa, com a família, ou no local de trabalho. Por isso, uma postura mais leve, além de melhorar o seu humor e o dos outros, é uma questão de elegância e até de profissionalismo.

Não é só questão de pensamento positivo, mas também uma forma de encarar o mundo e preservar seus companheiros de conversas pesadas ou destrutivas.

Falar ou tomar atitudes negativas não leva a nada e não proporciona nenhum prazer. Ao contrário de quando você fala de situações desagradáveis ou age com humor. É bom lembrar que atitudes negativas de qualquer um são um claro sinal de pessimismo sem fronteiras – diferente de uma análise realista diante de um problema ou negócio.

Alguns assuntos devem ser evitados e/ou dicas para serem lembradas:

Doenças: A sua ou a doença dos outros nunca é um assunto alegre. Hospitais e moléstias não rendem conversas agradáveis ou construtivas, excetos nos círculos médicos, e interessam apenas aos diretamente envolvidos. Não custa evitá-las.

A violência e falta de segurança são uma realidade das mais desagradáveis nas cidades grandes – hoje em dia, até nas menores. Porém, narrar com todos os macabros detalhes assaltos e seqüestros, é terrorismo e masoquismo tão inúteis quanto desnecessários.

Na mesma situação, de forma até um pouco mais delicada, estão os assuntos matrimoniais e do coração – dos outros, logicamente. Divórcios, separações e amores infelizes são assuntos delicados e palpitantes. E nem pense em ficar falando nos corredores com pessoas que conhece pouco e não tem a mínima idéia se elas vão guardar segredo ou recontar de uma forma mais escabrosa ainda, completando que você foi a “fonte confiável”.

Casos de adultérios não são da conta de ninguém, a não ser dos próprios envolvidos na relação. Muitas vezes são apenas boatos e você vai parecer um fofoqueiro mal informado. Não caia nessa!

Não fale com ar penalizado, daquele colega de todos: “É que ele bebe tanto, coitado...”, ou ainda, “Ele tem aquele problema terrível com as drogas...” Nunca deixe frases incompletas. Ainda mais desse teor. Não fale sobre – ajude dentro de sua possibilidade.

Na vida somos lembrados pelas nossas ações e que nosso futuro pode ser direcionado pelo que nós dizemos e falamos a cada segundo.
Mantenha sempre uma boa postura, principalmente ao perceber que algum assunto poderá ter conotação negativa, evitando assim situações embaraçosas. Argumente com ponderação e não passe a frente fatos de tal conotação. Porém, se ao contrário, achar que há razões para conversação fale com a pessoa dando a ela a possibilidade de esclarecer o mal entendido e, quem sabe, de reparar o erro.

Por mais descontraídos que sejam os colegas e os superiores devemos sempre lembrar que o ambiente de trabalho exige uma maior seriedade. Essa atitude denota não só responsabilidade e maturidade, mas também respeito.

Suas conversas devem ser agradáveis e descontraídas, criando e fortalecendo laços de amizade cada vez maior, que gere incentivo, alegria, bom humor, apoio e interesse pelo outro. Investir num bom relacionamento não só no trabalho como em nossas vidas é bem melhor do que viver se debatendo em conversas inúteis, desagradáveis e desgastantes.

 

Voltar

 


  |Copyright© 2001 [Todos os Direitos Reservados]